Dom Gregório Paixão na Assembleia da CNBB discute Iniciação à vida cristã

Dom Gregório Paixão (OSB), Bispo Diocesano de Petrópolis

O Bispo de Petrópolis, Dom Gregório Paixão (OSB) está participando da 55ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (AG-55/CNBB), que tem como tema central “Iniciação à vida cristã”. Este tema vem sendo estudado e discutido na Diocese há alguns anos, com várias iniciativas das paróquias, por meio do Setor de Catequese em comunhão com os padres.

Na Diocese de Petrópolis uma das iniciativas concretas foi à elaboração do Diretório da Iniciação à Vida Cristã, aprovado no encontro de coordenadores da Catequese em 2015, encontro realizado no salão da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, no Decanato São Pedro de Alcântara. Nesta mesma época, foi aprovado também o roteiro das catequeses para a iniciação à vida cristã. Os documentos, antes e depois da sua aprovação pelos coordenadores de catequese foram discutidos entre o clero diocesano.

Os documentos encontram-se publicados no documento “Estatutos, Diretórios e Subsídios da Diocese de Petrópolis”, que pode ser encontrado nas paróquias. Além dos documentos sobre a Iniciação à vida cristã, traz também breve histórico da Diocese, com a Bula de Criação, diversos estatutos e regimentos, como Setor de Juventude e Comissão Diocesana dos Diáconos Permanentes entre outros, assim como orientação sobre os sacramentos.

Com relação ao tema da AG-55/CNBB, “Iniciação à vida cristã”, o episcopado brasileiro está discutindo e avaliando o texto que foi preparado por uma comissão designada para esse fim. A proposta é que, após análise e aprovação, ele se torne o mais novo documento da entidade.

Sobre a temática, o arcebispo de Curitiba e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, dom José Antônio Peruzzo, que também presidiu a Comissão do tema central, explica que a iniciação à vida cristã é a mais urgente das demandas evangelizadoras da Igreja, mas defende que este não é um tema novo. De acordo dom Peruzzo, já foi apresentado e reapresentado desde o Concílio Vaticano II. “É um caminho que já tem história, mas que requer uma mudança de mentalidade e, para isso, é preciso uma geração ou mais”, disse.

Outro instrumento de trabalho muito explorado na preparação do tema central é o Ritual de Iniciação à Vida Cristã (Rica). Segundo dom Peruzzo, o documento da Santa Sé sugere uma condição mais favorável para conhecer e dar passos nos rumos de experiências de iniciação. “O Rica já oferece uma sequência de passos e um ordenamento para a mistagogia. É uma espécie de integração muito mais viva entre catequese e liturgia que nossa Igreja precisa recuperar”, destacou.

O trabalho realizado pela comissão preparatória do tema central levou em consideração, ainda, um outro elemento em todo o processo de preparação que é representado pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE). A Iniciação à Vida Cristã é uma das cinco urgências da ação evangelizadora para o período de 2015 a 2019. (Fonte: Ascom/CNBB)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *