Comunidade recebeu Título Honorífico de Utilidade Pública

Verônica Jordão, Wanderley Taboada, Micheli Migueis, Alexandre Nunes

Verônica Jordão, Wanderley Taboada, Micheli Migueis, Alexandre Nunes

No último dia 28 de junho recebemos da Câmara Municipal de Petrópolis o Título Honorífico de Utilidade Pública. O título é uma concessão para sociedades civis, associações ou fundações constituídas no país, com o fim exclusivo de servir desinteressadamente à coletividade, isto é, a sociedade em nível municipal, estadual ou federal.

O título foi entregue por ocasião dos 172 anos da chegada dos colonos Germânicos a Petrópolis. O evento ocorreu na Câmara Municipal de Petrópolis contando com a participação dos membros do Club 29 de junho, que tem por finalidade manter viva a cultura germânica na cidade de Petrópolis.

O título foi entregue a nossa fundadora Verônica de Sousa Jordão pelas mãos do vereador Wanderley Braga Taboada, como forma de reconhecimento por todos os trabalhos realizados por nossa instituição, que visa a promoção da dignidade de toda pessoa humana, e que hoje de forma particular tem contribuído na promoção de centenas de petropolitanos.

A cerimônia foi presidida pelo Sr. Paulo Igor, Presidente da Câmara Municipal de Petrópolis, e contou com a participação de outros parlamentares.

A Comunidade Mater Dolorosa de Jerusalém é uma Nova Comunidade da diocese de Petrópolis, fundada no dia 26 de agosto de 1996. Tem como carisma estar com Maria aos pés da Cruz pela redenção da humanidade; como espiritualidade, a Cruz; e como missão, formar os filhos de Deus até a maturidade de Cristo.

Somos o povo do Calvário, chamados a viver o mistério da Cruz no nosso dia a dia, unindo-nos à Virgem Dolorosa que está, de pé, junto ao Seu Filho na Cruz. Enquanto o Cristo padece na carne, Ela, a Mater Dolorosa, padece na alma, une-se ao sacrifício do Filho, confirma o seu sim por amor a Ele e em oblação por toda a humanidade. Ele, o Redentor; Ela, a corredentora. Nós, membros da Comunidade, somos chamados a, com Maria, fazer da vida oblação em favor de todos os homens e mulheres do nosso tempo.

A Comunidade é constituída por membros celibatários; membros casados e solteiros; e dois sacerdotes. Cada qual, segundo seu estado de vida, é chamado a vivenciar o carisma e a espiritualidade que nos foi confiada por Deus e compartilhar a missão da Comunidade.

Nossa missão se estende hoje por toda a diocese e já foi para além dela. A Comunidade já esteve duas vezes em missão na diocese de Anápolis, Goiás, e em Quillota, no Chile. Realizamos a evangelização de casa em casa; organizamos e pregamos retiros; contribuímos na formação dos casais; fazemos visitas aos enfermos e aos encarcerados; evangelizamos nas escolas e através dos meios de comunicação, pela rádio, TV e internet; realizamos acompanhamento pessoal e vocacional; sentimo-nos responsáveis e atuamos na formação de crianças, adolescentes, jovens e adultos.

Temos como um dos nossos principais projetos a Escola de Evangelização São Josemaría Escrivá. Através desse projeto acolhemos anualmente, em nossa sede, por um período de dez meses e meio, jovens católicos que tem o desejo de crescer no Senhor. A Escola tem como proposta a formação integral dos jovens e para isso há uma regra de vida que favorece a vivência de uma espiritualidade mais profunda; o estudo de diversas disciplinas, com o intuito de aprofundarem, dentre outros temas, o conhecimento da doutrina da Igreja; a vivência comunitária, que possibilita uma experiência concreta da beleza da vida em comum e o crescimento nas virtudes; e a realização de diversas experiências missionárias, através da atuação em alguns dos projetos desenvolvidos pela Comunidade.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *