Cidade de Petrópolis repudia BNCC

Último dia 31 de agosto foi realizado um encontro com vereadores na Câmara Municipal de Petrópolis, o assunto tratado foi a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Deste encontro surgiu o convite para que fosse realizada uma Audiência Pública. O objetivo é esclarecer o dano que a BNCC trará para a educação e formação de nossas crianças, adolescentes e jovens.

A Audiência Pública na Câmara Municipal de Petrópolis aconteceu no dia 10 de outubro com a presença de moradores de Petrópolis, Teresópolis, Magé e São José do Vale do Rio Preto. Vereadores da mesma casa legislativa estiveram presentes, como Filipe Baltazar representando a cidade de São José do Vale do Rio Preto. A Mitra Diocesana de Petrópolis, órgão institucional que representa a Diocese de Petrópolis, composta em seu território por sete municípios do Estado do Rio de Janeiro esteve representada por seu vigário geral, Mons. Paulo Daher.

A audiência iniciou com a abertura feita pelo presidente da casa legislativa municipal, Vossa Excelência Paulo Igor da Silva Carelli, que acolheu a todos os presentes.

O tema refletido durante a audiência pública foi apresentado pelo Professor Leandro de Souza Soares, fundador da Comunidade Mãe do Verbo Divino e também organizador do último simpósio sobre a BNCC ocorrida na cidade de Teresópolis em setembro.

O professor Leandro, iniciou o seu discurso dizendo: “Passo a ler esta exposição sobre a Base Nacional Comum Curricular com a única intenção de não me esquecer de algumas questões urgentes e preocupantes que precisam ser destacadas e refletidas quanto à arquitetura, à estratégia de implementação, às propostas e ao conteúdo desta BNCC, a fim de que os ilustres vereadores, os demais integrantes da mesa e os que estão aqui presentes, tenham a dimensão da importância desta Audiência Pública, bem como, a necessidade de um movimento em que o Município de Petrópolis e quiça o Estado do Rio de Janeiro sejam ouvidos democraticamente pelas autoridades competentes neste processo, pois, como lemos na introdução ao próprio documento, a Base é um instrumento “de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.” (Cf. Introdução, p.7. Base nacional Comum Curricular. Educação é a Base, versão final) ”

Leia na integra …. Audiência Pública Câmara Municipal de Petrópolis – Professor Leandro

Ao final de sua apresentação foi aberto um espaço no plenária, o objetivo era que todos os presentes manifestassem suas objeções e contrassensos através de perguntas aos representantes da sociedade civil Petropolitana presente.

Para finalizar a audiência, foi apresentado um documento de elaboração sobre o manifesto público contra a homologação da BNCC, da cidade de Petrópolis. Esse documento será entregue ao ministro da educação José Mendonça Bezerra Filho.

Leia na integra manifesto…

Irmão (a), a sua colaboração e participação na divulgação e esclarecimento a respeito da Base Nacional Comum Curricular é de suma importância. O assunto está para ser votada na Câmara dos deputados em Brasília, no próximo dia 27 de novembro. Esta Base diz respeito à normatização da educação em nosso país e por isso toda a sociedade civil está se organizando para um maior esclarecimento do conteúdo existente e organizado do mesmo (BNCC). Buscamos a ajuda do poder legislativo municipal, por acreditar que são comprometidos enquanto pais e educadores, com a educação de nossas crianças, adolescentes e jovens, principal alvo desse documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *